domingo, 29 de maio de 2016

O MISERICORDIOSO, O MISERICORDIADOR


(O Rio Caños Cristales - Colômbia - apresenta surpreendentes cores e beleza, o máximo da perfeição possível, em toda a extensão de sua formação, numa dada época, quando o limite da água cristalina alcança o nível ideal. Assim também o ser humano quando alcança em si e manifesta, num limite ideal, a coragem, a força, a sabedoria, a alegria e a graça da misericórdia divina, apesar de sua miserável existência. Porque não podemos esquecer que é preciso muito esforço para sermos o que somos: míseros vermes. Mas, vermes amados pelo seu Criador, como demonstram as palavras, a seguir, encontradas no "Al Corão":)

"Em nome de Allah, o misericordioso, o misericordiador"

Refugio-me no Senhor da alvorada
Contra o mal daquilo que Ele criou
E contra o mal da noite, quando entenebrece
E contra o mal do invejoso, quando inveja

Refugio-me no Senhor dos homens
O Deus dos homens
Contra o mal do sussurrador, o absconso
Que sussurra perfídias nos peitos dos homens
Seja ele dos jiins, seja ele dos homens

Misericordioso Misericordiador
Só a Ti adoro e só a ti imploro ajuda
Guia-me a senda reta
Sela meu coração, meus ouvidos e minha boca contra o mal
Ajuda-me a crer como creem os dignos
Ajuda-me a não confundir o verdadeiro com o falso
Que eu me curve somente a Ti

Allah, volta-me, Remissório, a vossa face misericordiosa
Redima-me, perdoa-me
Auxilia-me para que eu possa manifestar a tua própria piedade
Guarda-me de ser dos ignorantes
Que não me toque o fogo destinado aos ímpios
Tende, Senhor, benevolência para com os meus pais
Meus parentes e para com os necessitados

Cuida, Senhor, da minha alma livre
E do meu corpo frágil com vosso cuidado
Dos teus, meus inimigos
E dos meus, teus inimigos
Alivia-me do castigo e socorra-me Senhor
Com a tua bondade ensina-me
A ser e a fazer o bem
A não ser apenas tentação

Que eu entregue a minha face a Ti
A Ti a quem pertence o levante e o poente
Que eu saiba reconhecer a sua orientação
Que eu tenha coragem para cumpri-la
E humildade para receber a tua graça
Purificai, Senhor, a minha casa e os que a circundam
E faze dela um lugar seguro

Aceita-me, Senhor, faze-me para ti
Ensina-me o culto correto
Volta-te para mim e redima-me
Porque Tu, Tu és o todo poderoso, o Remissório, o Misericordioso
Dirija-me, Senhor, guarda-me onde quer que eu vá
Venha-me a tua verdade

Que eu me lembre sempre de ti
Que eu saiba te agradecer
Não me renegueis
Ao pôr-me a prova, lembra-me que o paraíso é dos perseverantes
Sou tua, que a Ti possa eu retornar
Que eu me alimente do que é lícito e benigno

Senhor, que eu encontre, ame e possa ter a minha “vestimenta”
Que eu seja para ela vestimenta apropriada também
Indulta-me pelo amor que eu fizer e/ou sentir
Torna evidente para mim o fio branco e o fio negro da aurora
Que eu seja combatente no vosso caminho
Que eu não cometa agressão contra o justo
Que eu saiba a hora de raspar a cabeça
E dedicar as coisas sagradas ao sagrado

Abasteça-me, Senhor, com a vossa piedade
E dota-me de discernimento
Busco o vosso favor, vosso perdão e direção
Concede-me na vida terrena benefício
Assim como na derradeira vida
Guarda-me do castigo do fogo
Reúna-me a Ti

Livra-me, Senhor, de ser corrupta e corruptora
Livra-me da vaidade e da soberba
Permita-me viver a paz
Que sempre me alcance o teu socorro
Porque espero sempre vossa misericórdia
Torna, Senhor, para mim evidente os teus sinais
Emenda-me, Senhor, desembaraça meu caminho

Concilia-me, Senhor, com quem me destinou
Conforme a tua vontade
Que eu saiba orar e ore ao temer o inimigo
E ao ser livrada dos perigos
Que eu saiba agradecer os vossos obséquios
E, devidamente, os agradeça

Prodigaliza, Senhor, tua graça em minha vida
Envia-me governadores justos
Quando eu não tiver força
Para combater os Golias
E os exércitos que se armarem contra mim
Contra os meus e contra os seus
Verte sobre mim paciência
Torna firme meus passos

Socorra-me contra os inimigos
Permita-me derrotá-los
Conhece, Senhor, meu passado, meu presente e meu futuro
Custodia-me magnifico Senhor
Ajuda-me a distinguir a retidão da depravação
E a não derrogar com alarde nem minhas moléstias, nem minhas riquezas
Que eu não recorra ao que é vil

Conceda-me, Senhor, o perdão, o favor e a sabedoria
Conforme a vossa vontade
Que não me domine a usura
Que eu não cometa e não sofra injustiça
Ajuda-me a não adquirir dívidas que eu não possa pagar
E adquirindo-as favorece-me recursos para cumpri-las a bom termo

Que eu saiba, Senhor, te ouvir, te obedecer
E que nada me seja imposto além da minha capacidade
Capacita-me, Senhor, para cumprir meu destino
E para fazer tua vontade
Não me culpe se esqueço ou erro
Não me carregue de pesado fardo
Não me forceis mais do que minhas forças suportam

Indulta-me, Senhor, perdoa-me
Tem misericórdia de todos nós
E socorra-nos contra teu inimigo
Senhor meu, não me desvieis do caminho reto
E dadiva-me com as tuas bênçãos

Dá, Senhor, poder e soberania a quem queira
Queira, Senhor, conceder poder e soberania
A homens e mulheres piedosos e justos
Entrego a mim, minha família, meus amigos,
Meus irmãos de fé e toda a nossa descendência
À tua proteção
Que o Senhor os acolha com boa acolhida
E fá-los crescer em belo crescimento
Deixo-nos aos vossos cuidados

Que eu me lembre sempre de vós
E o glorifique no alvorecer e no anoitecer
Que eu seja vossa devota Deus do impossível possível
Criador, curador, ressuscitador dos mortos, meu Senhor
Que eu saiba teme-lo e obedece-lo
E ser o que me fez para ser
Sincera, digna, crente em ti
Sua testemunha corajosa e piedosa

Sou dependente de vossa graça e benevolência
Permita-me, Senhor, ser apressada para as boas ações
Justa comigo mesma e com os outros
Auxilia-me com vossos anjos descidos do céu
Aos meus que são seus e aos seus que são meus
Que o meu coração se tranquilize em ti

Que eu esteja sempre ciente de que as determinações divinas não me pertencem
Que eu não desanime, nem me entristeça se um sofrimento me tocar
Perdoa-me os delitos, os excessos em minha conduta
Torna firme meus passos
Socorra-me contra os meus e os vossos inimigos
Contra aqueles que se voltam contra mim

Faça-me ver o que é amável, desvia-me do mal
E quando me pôr a prova indulta-me a fraqueza
Quando eu morrer ou for morta
Que eu seja reunida a ti
Quando tomar uma decisão que eu a confie a ti
E me torne dócil ao teu juízo e a tua sentença
Que o meu coração não seja duro e ríspido
Que eu não incorra na tua ira para que meu destino não seja execrável

Conceda-me, Senhor, tua mercê
Envia-me teus mensageiros
E recita a tua vontade aos meus olhos, ouvidos, mente e coração
Para que eu possa glorificar o meu único Senhor
Se e quando uma desgraça me alcançar
Que eu saiba que ela vem de mim mesma
Mas, que o Senhor envie teus exércitos para combate-la comigo
E me faça vencedora

Toda determinação pertence a ti, Allah
Basta-me vós Senhor
Que eu não tema os inimigos
Mas, somente ao Senhor
E que eu mereça receber
Por vossa misericórdia
Os vossos magníficos prêmios

Sei, Senhor, que a vossa obra não é vã
Que o Senhor não falta a promessa
E que não faz perder o labor a um laborioso
Que eu seja paciente e perseverante
Constante na vigilância
Temente a ti e bem-aventurada
Que eu não escolha o mal em detrimento do bem
Que eu saiba desfrutar as tuas dádivas

Que eu tenha sempre uma palavra bondosa
E apesar da minha fragilidade humana
Torna, a cada instante, mais firme a minha fé em ti
Tudo te pertence
Auxilia-me Senhor a ser fiel no compromisso com a justiça
Permita-me, Senhor, não me afligir com os perversos
Deus único, sustenta-me

Faz descer teus anjos para se me anunciar, guardar e curar
Que eu não idolatre nada além de ti
Mas, envia seus anjos custódios
Salva-me de todas as angústias
Que eu seja íntegra

Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário