quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Vivo


(Imagem do filme: Flores Raras - De: Bruno Barreto)


"Vivo em um mundo invertido
Onde o esquerdo sempre está certo
Onde as sombras são realmente o corpo
E nós ficamos acordados a noite toda
Onde os céus são rasos
Como a sede é agora profunda
E você me ama..."

(Poema de Elisabeth Bishop)



Nenhum comentário:

Postar um comentário