sábado, 31 de outubro de 2015

Fim Enfim

(Autoria da imagem não identificada - Vista em: www.tumblr.com)

Lágrimas
Desencontros
E solidão

Longo tempo
Dias turvados

Tantas vezes nos barram
Tantas vezes o princípio do precipício
Tantas vezes nos desviamos 
Dos nós em nós
Do destino
Do agora
Do ser
Dos opostos postos
Do acontecer

Não vencemos
Ainda há uma eterna falta de tempo

Não falta apenas tempo
Falta coragem
Falta vida
Amor

A espera
À espera daqueles que não virão
Dos que já se foram para sempre
Dos outros
Do que fomos
Do queríamos ser

Um comentário:

  1. Todo suicida
    Anseia por vida
    E, a crer na mudança
    Esbanja esperança
    GK

    ResponderExcluir