sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Hoje

Hoje eu telefonaria para desejar o melhor dos mundos
Enviaria flores (orquídeas azuis) 
para encher teus olhos e mãos 
com o que há de belo e breve 
como a nossa (quase) vida

Mas...
Hoje nada me é permitido
posso apenas dedicar 
minha falta de palavras 
para o bem que te desejo
E todo o resto é silêncio

2 comentários:

  1. A urgência às vezes tanto arde que mesmo o agora já é tarde.
    GK

    ResponderExcluir
  2. Olá, gostei do blog.
    Também tenho um onde coloco algumas poesias minhas. Poderia dar uma olhada?
    http://wordsbyalonelyguy.blogspot.com.br

    ResponderExcluir