domingo, 4 de outubro de 2015

Suspiros e Mãos

(Autoria da imagem não identificada - Vista em: www.google/image.com)

Gosto dos farrapos que precisam ser apanhados do chão
Já encontrei farrapos suntuosos
Estavam sujos de (quase) tu(do)
Gosto do que a terra agarra agora
Só para nos fazer cair nos seus braços mais adiante
Aproximo-me de papeis velhos
Afundados na lama de chuvências antigas
Termino (quase) sempre com as mãos vazias
Sobram objetos (in)úteis e nada mais
Cenas que me causam náuseas
Dos pés a cabeça
Deslizo então
E nesse deslizar
Tudo em mim...
Terra...
Te confronta
Incluindo
Suspiros
E mãos

Um comentário: