sábado, 7 de novembro de 2015

Quando 'Devo'

(Obra: "La Mer" - Ange Leccia - Vista em: https://www.youtube.com/user/jeanvincenti)

Não procuro nada
Nem amor
Nem desamor
Mas encontro tudo isso 
No caminho
E me confundo 
Entre um e outro
Sempre
Resultado reflexo 
Dos meus estados de espírito
Ambos
Crítico
Mal
Bom
Insosso
Delirante
No controle de todas as situações
Completamente (des)controlado
Exagerado
Iludido
Distraído
Na apoplexia da normalidade
Enlouquecido
Irado
Nessas diversas circunstâncias do ser eu
Não faço como os outros
Mas
Acabo por fazer tudo igual
Quando ‘devo’
Se não posso
Diluo-me
Entrego a mediocridade o que lhe pertence
Sendo ou não o que sou
Contraditária em si

Nenhum comentário:

Postar um comentário