sábado, 9 de janeiro de 2016

O Lugar

(Autoria da imagem não identificada - Ilha das Bonecas - México - Visto em: www.obaoba.com)

Uma construção
Com escassez de matéria-prima nobre
Falhas no projeto
Incompetências na execução
De fabricação e manutenção
Preocupante
Pela rapidez de sua concepção
E irregularidades 
Das partes desiguais
Envolvidas
Impensadas
Não a(r)madurecidas
Com seus enguiços próprios
Se fazem já desconstruídas
"Armadilhas para crianças mal criadas"
Sem responsáveis pelo seu pleno desenvolvimento
Tratada sem seriedade
Espaço que cresce junto com o desamor
Que a fez
Construída em bases críticas
Vive em temerário forte 
Onde se trava uma constante luta contra si
E nesse lugar em guerra
Em meio a tantos conflitos
Muitos nomes sem sobrenome
Sem significado
Se tornam
Espaços de concessões infinitos
Lugar incômodo
De (des)acordos e rupturas
Ausente de direitos e escolhas
Do qual se quer fugir
Escapar antes do tempo
É um espelho de vaidades estúpidas
Onde brilham
E se concentram
Histórias de assombrosas
Muitos erros e alguns poucos acertos
Construção que não homenageia a si mesma
Que não guarda quem a habita
Repleta do alheio
Lugar de perguntas e respostas injustas
Cercada de meras e maléficas influências culturais
Para não dizer desumanas
É dos seus males 
Vítima maior
Construto que se expande 
Por caminhos avessos
Assustadoramente
Desde sempre

Nenhum comentário:

Postar um comentário