domingo, 31 de janeiro de 2016

Sob(re)-vive

(Cena do filme: A Lista de Schindler - Visto em: www.obviusmag.org)

Há.
Ocultado em mim,
em silêncio.
Dentro desse meu casulo,
morto de saudade,
ainda vive...
Como se continuasse
a ser vida e a ter graça!
A distância me deixa pensar no fim.
Mas, espero o dia
de dizermos e ouvirmos a verdade,
não um amontoado,
sem sentido,
de palavras e sinais.
Até que aconteça...
Continuarei.

Um comentário:

  1. Tanto as minhas quanto as do mundo, por mais que sejam um lixo imundo, eu quero as verdades até o fundo.
    GK

    ResponderExcluir